Wednesday, April 4, 2012

'Jornal do Brasil' Interview

To translate into a different language, clik on 'Translate' button (right colum)

Veja por que o inglês David Gandy conquistou a Dolce & Gabbana - e a gente!

Jornal do Brasil - Heloisa Tolipan

David Gandy é um dos homens mais lindos do mundo, isso é incontestável. Tem a educação, o humor e o bom gosto dos ingleses, mas é simpático e bronzeado como os brasileiros. Na verdade, bronzeado como os ingleses que são habitués de nossas terras. O modelo, que é rosto e corpo (e que corpo, mantido com muita malhação) da Dolce & Gabbana há dez anos, veio nos visitar no mês passado para comemorar o décimo aniversário do perfume Light Blue, cuja campanha é responsável pelo grande boom em sua carreira, e nos recebeu em uma suíte do Copacabana Palace para uma conversa. Foi exatamente esse perfil, mais, digamos, corpulento e bronzeado que deu a David o encanto e a fidelidade da maison italiana.

Jd B 100312 interview"A campanha do Light Blue trouxe o homem másculo para o mundo da moda. Mudamos os parâmetros da indústria", diz David Gandy, o rosto da fragrância há 10 anos
“Não acredito em sorte. Acho que existem pessoas bem preparadas à espera de uma oportunidade. Sempre me diziam para malhar menos e cuidar mais da minha pele, mas eu fiz o contrário do que me pediam. Era o modelo fora dos padrões do mercado por ser mais forte e bronzeado que os outros rapazes, mas foi exatamente isso que atraiu o pessoal da Dolce & Gabbana”, confessa. “Eles arriscaram em me escolher para a campanha do Light Blue e acabaram mudando os parâmetros da indústria. Trouxemos o homem másculo para o mundo da moda. E todas as outras marcas copiaram a estética icônica da primeira campanha do Light Blue”, completa David, que é do time que luta contra o estereótipo do modelo masculino. Segundo ele, os rapazes são um alvo fácil da indústria e precisam ser mais ambiciosos. “Eles precisam se inspirar nas tops que fazem campanhas da Victoria’s Secret, por exemplo. Os homens se contentam com pouco, não investem em suas carreiras tanto quanto elas. Eu não”, salienta.

E David investe pesado em seus negócios: tem três empresas, um aplicativo para iPhone sobre moda masculina lançado e outro sobre alimentação e fitness saindo do forno, em julho, uma coluna na revista GQ britânica, um blog no site da revista Vogue do Reino Unido, um livro sobre os seus 10 anos de carreira, lançado em parceira com a marca de Domenico Dolce e Stefano Gabbana, e mais uma dezena de projetos paralelos. “'David Gandy' é uma marca agora. Preciso ser controlador com os meus negócios e gosto de estar a par de tudo o que acontece. Também procuro dar oportunidades a pessoas que já trabalharam comigo e são boas. Por isso, se sou chamado para um editorial, levo fotógrafo, maquiador, cabelereiro e figurinista comigo”, diz.

David Gandy nos bastidores das gravações da campanha de Light Blue, comandadas por Mario Testino.
No meio de tudo isso, David ainda arruma um tempinho para responder e-mails de rapazes que o têm como exemplo. “Cheguei em um patamar em que controlo mais a indústria do que ela me controla. Agora, tenho uma voz. Isso aconteceu porque disse mais ‘não’ do que ‘sim’. É preciso que esses rapazes saibam bem o que querem. É como um jogo de xadrez, você precisa movimentar as peças certas para ganhar”, aconselha.

Dentre as paixões de Gandy estão os carros e a decoração, especialmente se houver móveis antigos no meio de tudo isso. As fotos dos móveis que restaura e integra ao ambiente moderno de seu flat londrino, publicadas em seu blog, já renderam convites para participar de shootings de diversas revistas especializadas em decoração, mas não é esse o desejo de David. “Existe um espaço vago no mercado para o tipo de decoração que gosto, mas mostrar a minha casa e como me integro a ela é algo muito pessoal. Não farei”. A praia do moço é passear por feiras de antiguidades logo assim que as barraquinhas são montadas, por volta das 5h, com um café na mão e um casaco pesado no corpo. Aliás,os nossos exemplares cariocas, na Praça XV e na Praça Santos Dummont, na Gávea, o deixaram louco para um tempo vago no apertado cronograma da visita ao Rio para um garimpo.

Jd B 100312 interview (2)
A (sortuda) modelo polonesa Anna Jagodzinska divide com Gandy a campanha de Light Blue.
Apesar da agenda cheia, pelo menos David teve tempo de dar um mergulho no mar de Copacabana para sentir a nossa energia. “Já estive no Brasil umas quatro vezes, mas sempre a trabalho. O que mais gosto no Rio é o clima. E as churrascarias! Elas são o que vocês têm de melhor! É como uma fonte infinita de comida”, ri David, que sonhava em ser o Super Homem quando criança. “Consegui realizar esse sonho por um dia, em um editorial da Vogue americana em que me vesti como o Clark Kent. Mas meu real sonho profissional era ser veterinário. Amo os animais. Não posso ter nenhum bicho de estimação porque viajo muito, mas me associei a um abrigo de animais em Londres e, agora, sou responsável por 300 gatos e cachorros”, conta.

Se você também se encantou por David Gandy, aí vai uma dica para a conquista: bolo de cenoura. “Minha mãe faz o melhor do mundo e, outro dia, eu acabei comendo um inteiro que ela preparou para mim”. Se a culinária não for o seu forte, faça uma parceria com São Pedro. “Gostaria de levar o sol do Rio na mala. Em Londres o tempo está sempre cinza e chuvoso. Quanto mais velho fico, de mais sol preciso”. Se o nosso sol não couber na mala, pode voltar ao Rio quantas vezes precisar, viu, David?

Source: jb.com.br
Related Post: David Gandy Celebrates 10 Years of D&G Light Blue Perfume

0 comments:

Post a Comment